‘A LENDA DE KAMUI’ ESTÁ DE VOLTA – E SAMPEI SHIRATO TAMBÉM

sexta-feira | 28 | agosto | 2009

Kamui Gaiden

É um lugar-comum horroroso dizer que quem é vivo sempre aparece, mas de modo geral os lugares comuns costumam expressar grandes verdades. A seminal revista Big Comic da editora Shogakukan publicará, na edição de 25 de Setembro, três novas histórias que dão sequência a Kamui Gaiden, a continuação do Lenda de Kamui original (Kamui Den) que jamais foi publicado no Brasil; o que conhecemos foi justamente a continuação em si.

Serão três histórias curtas, produzidas pelo próprio Shirato através de seu estúdio, e aparentemente elas formarão o primeiro volume de um novo tríptico ambientado no cruel cenário da obra produzida há mais de quatro décadas atrás, e que recebeu nova atenção graças ao recente filme homônimo. A Lenda de Kamui originalmente foi produzida para a revista Garo, que surgiu como uma revista de quadrinhos autorais, mas acabou – com a conclusão da saga e a saída de Shirato – migrando para pantonosos terrenos udigrudis ao longo das décadas seguintes.

O Kamui Gaiden que conhecemos saiu nas páginas da Big Comic, que se tornou um terreno mais sólido para o quadrinho adulto que gente como Shirato ajudou a criar e difundir – e que recebe uma verdadeira instituição dos quadrinhos japoneses de volta, de braços abertos.

Aliás, há uns dois anos foi lançada, no aniversário de 60 anos de Shirato, uma série com as obras completas do autor. Como o aniversário deste blog está chegando, a quem interessar possa…
>> MAXIMUM COSMO – por Lancaster


VAPORPUNK – O PASSADO VESTIDO DE FUTURO

sexta-feira | 28 | agosto | 2009

steampunk_definicao_04.jpg

Dada a afluência de autores potenciais e efectivos enquanto leitores deste Correio, venho deixar uma chamada de atenção para a existência de uma antologia luso-brasileira de contos inéditos steampunk.

(Desconhecem o steampunk? A convocatória oferece algumas explicações.)

O prazo de submissão é 18 de Outubro de 2009.

Ao contrário do Pulp Fiction, esta não se trata de uma antologia suportada até ao momento por nenhuma editora (portuguesa, pelo menos). Trata-se de uma iniciativa independente, de dois antigos estarolas da FC, portanto as garantias, como costuma acompanhar o manual dos produtos informáticos, são dadas AS IS.

No mínimo, terão experimentado, debatido, criticado, investigado e divertido-se a construir um nosso passado possivelmente mais desenvolvido do que o presente consegue ser.

Espero que aceitem este desafio.

Antologia VAPORPUNK – Guidelines

A antologia Vaporpunk pretende reunir noveletas de história alternativa do subgênero steampunk escritas por autores brasileiros e portugueses, com fins de publicação em mercados de ambos os lados do Atlântico, em meios de comunicação convencionais e/ou e-book.

Por considerarmos que a dimensão ideal precípua para expressar um enredo de história alternativa é a noveleta e não o conto, como no caso da ficção científica, gostaríamos de fixar os limites dos trabalhos que aceitaremos entre 8.000 e 18.000 palavras. Isto não quer dizer, em absoluto, que trabalhos fora deste padrão serão sumariamente rejeitados. Se vossos escritos forem realmente bons, a qualidade decerto pesará, ainda que eles sejam menores ou maiores do que o limite proposto. No entanto, convém deixar claro que olharemos com mais simpatia trabalhos dentro do intervalo citado.

Analogamente, gostaríamos de receber trabalhos steampunks cujos enredos dissessem respeito, direta ou indiretamente, às culturas brasileira e/ou portuguesa, mostrando o impacto social do avanço tecnológico precoce na história dessa(s) cultura(s).

Vaporpunks, por assim dizer.

Não se trata de uma exigência estrita. Trabalhos steampunks que nada tenham a ver com o Brasil ou com Portugal serão apreciados com a atenção devida e também poderão ser eventualmente aceitos. Porém é honesto frisar aqui nossa predileção por vaporpunks que sejam lusófonos não só de corpo (ou seja, escritos por autores portugueses e brasileiros), como também em espírito (enredo, personagens, ambientação lusófonos).

O prazo proposto é 18 de Outubro de 2009, para autores de nacionalidade portuguesa.

O mais importante é que não nos prendemos à definição castiça de steampunk / vaporpunk.

Isto quer dizer que a ação de vossas noveletas não precisa necessariamente transcorrer na Londres Vitoriana da segunda metade do século XIX. Afinal, As Loucas Aventuras de James West é considerado steampunk e se passa no Velho Oeste, certo?

Da mesma forma, consideramos vaporpunk o romance de Paul McAuley, Pasquale’s Angel (publicado em português sob o título de A Invenção de Leonardo, Saída de Emergência, 2005), onde os inventos de Da Vinci são concretizados e a Revolução Industrial começa com três séculos de antecedência.

Não se faz necessário que o vapor seja a única tecnologia precoce presente em vossos enredos.

Em resumo, estamos interessados em enredos que mostrem o impacto social do emprego amplo e precoce de avanços tecnológicos nas culturas portuguesa e/ou brasileira. Tais enredos podem se constituir em passados alternativos ou em presentes alternativos.

Nos passados alternativos, a ação transcorre numa época bastante anterior ao presente, como por exemplo, na noveleta «Custer’s Last Jump», de Steven Utley & Howard Waldrop, em que o advento da aviação em meados do século XIX modifica a história da Guerra de Secessão e das Guerras Índias que se seguiram.

Nos presentes alternativos, a ação se passa mais ou menos em nossa época, só que numa linha histórica alternativa, modificada pelo advento precoce de uma tecnologia.

Quando principiamos a cogitar essas guidelines, pensamos em conceituar steampunk aqui.

Contudo, descobrimos uma definição castiça adequada na Wikipedia. Os conceitos ali expressos são mais restritivos do que aqueles que lhes estamos propondo, mas já dá para ter uma idéia geral. Portanto, usem e abusem: http://en.wikipedia.org/wiki/Steampunk

Se possível, dêem preferência ao verbete da Wikipedia em inglês, visto que sua tradução na Wikipedia em português encontra-se incompleta e, em alguns trechos, errada.

Se quiserem, sintam-se à vontade para consultar o ensaio «Steampunks!» constante na coletânea em e-book Ensaios de História Alternativa, cujo download é gratuito no site: http://www.scarium.com.br/e-books/sebook3_06_03.html

No que se pese que se trata de um texto escrito em 1998, é mais atualizado do que o verbete da Encyclopedia of Science Fiction, escrito pelo Peter Nicholls.

Contamos com a submissão da sua noveleta.

A submissão deve ser mandada somente em versão eletrônica, formato universal de texto (.txt) ou rich text file (.rtf), para os emails glodir@centroin.com.br e antologia@tecnofantasia.com (enviem para ambos de forma a que não se perca nenhuma submissão. Por favor, solicitem confirmação de recepção). Indicando na folha de rosto o nome de nascimento do autor, o nome literário (se diferir deste), o título da obra, a dimensão (número de palavras) e um meio de contacto (endereço, email). Se tiver de enviar mapas ou gráficos, por favor envie em ficheiro separado e faça a devida nota no corpo do texto.

Mãos à obra!
Gerson Lodi-Ribeiro & Luís Filipe Silva


STEAMPUNK: VIRTUAL STEAMCON 2009

quinta-feira | 27 | agosto | 2009

steampunk virtual steamcon 2009 artigo topo Virtual SteamCon 2009

SteamCons são Convenções destinadas ao público SteamPunk e já acontecem fora do país há algum tempo. Particularmente no ano de 2009 o aumento da procura pelo gênero SteamPunk foi considerável e grupos estão sendo formados em toda parte do mundo para celebrar o movimento.

O Conselho SteamPunk acaba de criar mais uma iniciativa para atender o público do gênero no país, investindo esforços no sentido de popularizar o SteamPunk no país, contando com a esperança de que o público perceba que sua participação é essencial para que iniciativas e eventos como este sejam bem sucedidos.

No Brasil, o movimento SteamPunk ainda está pouco organizado e difuso mas há muita gente interessada na literatura, quadrinhos, filmes e SteamPlay que tem o interesse de se filiar a iniciativas como as que vêm sendo promovidas pelo Conselho SteamPunk.

Bruno Accioly, co-fundador do Conselho SteamPunk, explica: “O Conselho SteamPunk age em nível nacional, dando infra-estrutura de comunicação Internet e orientação para que entusiastas de todo país dêem início aos seus grupos de entusiastas do movimento, grupos estes ao qual damos nomes de ‘Lojas’. Hoje o Conselho tem Lojas no Rio de Janeiro, em São Paulo, no Rio Grande do Sul e acaba de ajudar na fundação da Loja Minas Gerais – e mais duas estão para ser criadas”.

O movimento SteamPunk no país se fortalece e só tem a ganhar com a forma pela qual o Conselho SteamPunk promove o gênero, sem uma atitude intervencionista e cedendo infra-estrutura de hospedagem e comunicação sem custo para os interessados.

A realidade do gênero, no país, não é das mais simples contudo, tendo o Brasil um território tão grande e relativamente poucos cadastrados em comunidades do Orkut e no Registro SteamPunk, o investimento de uma ou outra Loja em eventos de grande porte como Convenções é, no mínimo, temerário.

“É por isso”, menciona Bruno Accioly, “que é importante que tenhamos um esquema organizado, uma plataforma que dê suporte às Lojas e ao próprio Conselho no que se refere a eventos”. A respeito dos eventos, o co-fundador da organização continua: “O Conselho SteamPunk está investindo em uma nova iniciativa, o SteamCon, que vai centralizar e divulgar os vários tipos de eventos SteamPunk cujos formatos vão estar disponíveis para todas as Lojas regionais, estabelecendo enventos de SteamPlay, SteamCamps, SteamParties e convenções mais elaboradas, como as SteamCons.”

Segundo Bruno Accioly, o Conselho não tem como objetivo ser responsável por todos estes eventos, mas divulgar e fornecer insumos para que haja condições para que cada Loja faça seus eventos.

Este novo site conta com uma estrutura própria e, além de ser a base de lançamento e divulgação de eventos relacionados ao gênero SteamPunk, vai dar lugar a primeira Convenção Virtual de SteamPunk do país, a “Virtual SteamCon 2009″, marcada para o sábado, dia 29 de Agosto de 2009, com início às 21 horas, e acessível pelo endereço SteamCon.com.br/Virtual-2009/.

A periodicidade das Virtual SteamCons ainda não está definida, mas seu funcionamento depende exclusivamente de comunicação Internet e garante a transferência de texto, imagens, áudio e vídeo, comandada pelos responsáveis pelo evento e garantindo a participação e interatividade com o público.
>> STEAMCON


‘ZOMBIELAND': NOVO TRAILER

quinta-feira | 27 | agosto | 2009

Já podemos assistir um novo trailer de Zombieland, comédia de terror dirigida por Ruben Fleischer, com Woody Harrelson no papel principal. Clique aqui para conferir.

Na história, um grupo de sobreviventes se une para lutar contra os mortos-vivos em um mundo pós-apocalíptico, após uma praga de zumbis ter assolado a América.

Woody Harrelson é um combatente de zumbis, enquanto Jesse Eisenberg interpreta um medroso que, graças à sua covardia, tornou-se um especialista em sobreviver aos zumbis, mas que é forçado a sair de seu esconderijo, após juntar-se ao bando de sobreviventes liderado por Harrelson.

O roteiro é de Rhett Reese e Paul Wernick. O elenco traz ainda, entre outros, Emma Stone, Abigail Breslin, Chick Bernhart e uma participação especial do comediante Bill Murray como um zumbi. O filme estreia dia 9 de outubro nos EUA e 4 de dezembro no Brasil.
>> HQ MANIACS – por Carlos Costa


VAMPIROS URBANOS SEDUZEM BLOGUEIRO

quinta-feira | 27 | agosto | 2009
null

Nunca gostei da palavra crítico, a priori indica uma pessoa crítica, predispota a apontar mais defeitos que acertos. Mas digamos que sou exigente. Não é qualquer quadrinho que me enche os olhos. Mas esse aqui não só encheu os olhos como mordeu a minha jugular. Apesar do atraso de cinco a seis anos, a série “Predadores”, lançada no Brasil pela editora Devir, já figura em lugar privilegiado na minha disputada estante.

Predadores irmãos vampiro

A história escrita por Jean Dufaux, vá lá, é legal. Sobre uma sociedade secreta milenar, formada por vampiros que moram na cidade grande, cujo ponto fraco é um quisto atrás da orelha. E em meio a dezenas de mortes, o detetive Benito Spiaggi e a tenente Vicky Lenore tentam resolver o caso, onde nunca se sabe quem é humano e quem não é. Em paralelo, um casal de irmãos, a sensual Camilla e o impiedoso Drago, fazem justiça com as próprias mãos e dentes. E que dentes. Pra complicar ainda mais, surge na trama um indiano chamado Aznar Akeba, que assim como os dois vampiros, também deseja vingar a morte de um parente.

Mas o que seduz nos quatro volumes de “Predadores” é o belíssimo desenho de Enrico Marini. Esse sim é S-I-N-I-S-T-R-O!!! Tanto pelos enquadramentos criativos quanto pelas cores, as formas dos personagens (principalmente em cenas mais quentes, de beijos e sexo) e as cenas de luta. Uma verdadeira obra-prima, que acaba por retardar a leitura. É impossível não parar diante de alguns quadrinhos e analisar tim tim por tim tim. Não à toa, a série foi muito elogiada como uma das melhores da Europa. Toda em papel couché a cores, é uma HQ que vale cada centavo investido. Confira nas melhores lojas do ramo.
>> JORNAL DO BRASIL – por Pedro de Luna

Predadores  1
Predadores 2
Predadores 3

“A PRIMEIRA VEZ”: ANIMAÇÃO BRASILEIRA DE VAMPIROS

quinta-feira | 27 | agosto | 2009

Uma fábula de humor-negro sobre adolescentes apaixonadas,
adolescentes nervosas… e vampiros!

A Primeira Vez” é uma animação escrita e dirigida por Eder Walter, com dublagem de um grupo do forum Dublanet.

Elenco: Aline Pina, Teyuki Yukiame, Lipe Zulato, Jivago Bicho, J. Pedro e Lain Iwakura. Assista abaixo:


2ª FANTÁSTICA JORNADA NOITE ADENTRO

terça-feira | 25 | agosto | 2009

Jornada Poe_bannerB

Encontro, que atravessa a madrugada apresentando esquetes de teatro, bate-papo, exibição de filmes noir e RPG live-action, celebra os 200 anos de nascimento do escritor Edgar Allan Poe.

O evento começa na sexta-feira, dia 28 de agosto, às 22h, e termina com um café da manhã às 6h da manhã do sábado, dia 29.

PROGRAMAÇÃO

Teatro: Sepultamento Prematuro (dia 28, a partir das 22h)
Narração de episódios de ficção nos quais pessoas que pareciam mortas voltaram à vida. Cia. Em Cena Ser. Adaptação e interpretação: Cristiana Gimenes. Dir.: Andreza Domingues.

Teatro: Poe, Edgar (dia 28, às 22h15)
O espetáculo traz a encenação dos contos “Assassinatos na Rua Morgue” e “O gato preto”. Cia. O Grito. Dir. Eduardo Parisi, Roberto Morettho e Lilih Curi. Com Abel Xavier, Alessandro Hernandez, Leia Raposo e Perla Frenda.

Encontro: 200 Anos de Edgar Allan Poe (dia 28, às 23h)
Bate-papo com o pesquisador e tradutor Humberto Moura Neto e com a escritora Martha Argel. A mediação é de Silvio Alexandre, organizador do Fantasticon (Simpósio de Literatura Fantástica).

Exibição de filme-surpresa (dia 28, à meia-noite)

Filme: O homem que não estava lá (dia 29, às 2h)
Após descobrir que sua esposa o está traindo, barbeiro arma um plano para dar-lhe uma lição. As coisas saem do controle e trazem terríveis consequências. (Estados Unidos, 2001, 116 min, DVD). Dir.: Joel Coen e Ethan Coen. Com Billy Bob Thornton, Frances McDormand, Michael Badalucco e outros. 14 anos.

Filme: Old boy (dia 29, às 4h)
Após ficar confinado em um quarto por 15 anos sem saber a razão, homem ganha a liberdade e parte em busca de vingança. (Coréia do Sul, 2003, 120 min, DVD). Dir.: Park Chan Wook. Com Choi Min-sik, Yoo Ji-tae, Gang Hye-jung e outros. 16 anos.

RPG live-action: Histórias Extraordinárias – Edgar Allan Poe (dia 29, da meia-noite às 6h)
Durante a madrugada, ocorre jogo de interpretação com o tema serial killers, inspirado no universo de Poe. Coord.: Confraria das Idéias.
ÚLTIMAS VAGAS! – para se inscrever, escreva para contato@confrariadasideias.com.br.

Encerramento (dia 29, às 6h)
Os participantes da Jornada se servem de um café-da-manhã.

Serviço
O Que: Fantástica jornada noite adentro
Classificação: 16 anos.
Quando: Sexta, 28/08, com início às 22h
Quanto: gratuito
Onde: Biblioteca Pública Viriato Corrêa (temática em Literatura Fantástica)
Endereço: R. Sena Madureira, 298. Vila Mariana, zona sul.
Telefone: (11) 5573-4017.
Obs.:
.É necessário retirar ingresso, sujeito à lotação da sala (101 lugares), no dia 28, a partir das 21h.

.Durante os intervalos das projeções, ocorrem esquetes teatrais.

.Após a meia-noite, você pode assistir aos filmes no auditório ou acompanhar o jogo de RPG / LIVE-ACTION no andar térro. Para participar do jogo é preciso se inscrever antecipadamente.

www.bibliotecas.sp.gov.br


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 80 outros seguidores