‘GHOST IN THE SHELL’ DE VOLTA AOS MANGÁS

Ghost in the Shell

Para quem assistiu ao filme The Matrix sabe que uma das influências dos irmãos Wachowski – diretores da trilogia – foi o mangá e anime Ghost in the Shell, que volta as bancas em 14 de dezembro desse ano, publicada pela revista semanal Young Magazine.

Lançado pela primeira vez no Japão em 1989, narra as investigações de Kusanagi Motoko, líder tática da Comissão Nacional Japonesa de Segurança Pública – abreviada para Seção 9 – num futuro próximo, mais exatamente em 2029, onde mente e tecnologia estão interligados a rede mundial de computadores. O autor Masamune Shirow, que criou esse universo embasado no cyberpunk, misturando temáticas filosóficas, éticas e sociais dessa interligação homem/máquina, não será o escritor dessa nova publicação, passando o lápis para Yu Kinutani, mas será supervisionado por ele.

Essa não é a primeira sequência da série. Em 2002 foi publicada uma nova série intitulada Ghost in the Shell 2: Man/Machine Interface. Dessa vez, a volta de Ghost in the shell tem uma simples explicação: a briga por números das revistas especializadas no público adulto Young Magazine, da editora Kodansha – que irá publicar a história de Yu Kinutani – e Young Jump, da Shueisha (responsável por sucessos como  Yu Yu Hakusho e One Piece).
>> REVISTA O GRITO! – por Andreia D’Oliveira

Anúncios

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: