ALFA CENTAURI NA CULTURA POPULAR

A Via Láctea contém pelo menos 200 bilhões de estrelas além do nosso Sol. O conjunto estelar Rigil Kentaurus (vinda de uma frase em árabe que significa: pé do centauro), comumente chamado de Alfa Centauri (Alpha Centauri) é uma estrela a oeste do conhecido Cruzeiro do Sul. Além de ter um tamanho similar ao nosso Sol, seu sistema é composto por três estrelas e está apenas a 4.33 anos-luz de distância da Terra ou, para exemplificar melhor, +/- 280 mil vezes a distância entre a Terra e o Sol, sendo o sistema estelar mais próximo da Terra.

A equivalência com o tamanho de nosso Sol e a proximidade com nosso planeta levou muitos pesquisadores e escritores de ficção científica a cogitarem a existência de vida nos planetas desse sistema de estrelas. Isso inspirou diversas obras no cinema, TV e também livros sobre o tema, afinal, quando a viagem espacial em velocidades próximas a da luz fosse alcançada, este seria o lugar mais provável para explorações.

Aqui vão as citações deste sistema estelar na nossa cultura:

Alfa Centauri em Filmes e na TV

  • A família dos Robinsons, na série “Perdidos no Espaço” (1965–1968) estava em uma missão a Alfa Centauri quando sua nave foi sabotada.
  • “Jornada nas Estrelas” (1966 em diante), de vez em quando, mencionava Alfa Centauri, mais notavelmente como o sistema que o inventor da velocidade de dobra, Zefram Cochrane escolheu para se aposentar.
  • Na série de TV “Doctor Who”, um personagem de Alfa Centauri, homônimo, fez algumas aparições, começando com o episódio “The Curse of Peladon” (1972; Terceiro Doctor).
  • Alfa Centauri é mencionada na série de TV “Mork & Mindy” (1978–1982). Mork encontra um homem na loja de música que diz que ele é um “alien” (em inglês, palavra também usada pra se referir a um estrangeiro). Entendendo errado o significado da palavra, Mork pergunta se o lar do homem fica perto de Alfa Centauri.
  • Em “The Last Starfighter” (1984), Centauri é o personagem que vem para buscar Alex Rogan da Terra depois que ele consegue vencer no jogo Centauri, inventado para recrutar novos “starfighters”.
  • No filme de Werner Herzog, “The Wild Blue Wonder” (2005), o personagem principal é um alienígena que explica a nós que até mesmo nossa vizinha mais próxima, Alfa Centauri, levaria séculos para chegar a nossas atuais tecnologias de propulsão.
  • No filme de James Cameron, “Avatar” (2009), ambientado durante o século XXII, uma grande lua chamada de Pandora orbita um gigante de gás no sistema estelar de Alfa Centauri A. Pandora é similar à Terra e é habitada por uma miríade de formas de vida, incluindo os seres de pele azul, com dez pés de altura, seres de uma raça humanóide chamada de Na’vi.
  • No episódio “The Pirate Solution”, de “The Big Bang Theory”, quando Raj está tentando conseguir outro emprego na Universidade, Proxima Centauri é mencionada em uma piada sobre o horário do pôr do sol para começar a beber.

Alfa Centauri em HQs e Animação

  • No universo da DC Comics, o planeta Rann teve origem no sistema de Alfa Centauri. Rannianos são tão próximos ao normal de humanos com base na Terra que Adam Strange foi trazido ao planeta para agir como uma espécie de “garanhão reprodutivo”. Isso foi antes de Rann ser teleportado para fora do sistema de Alfa Centauri, em um mundo compacto paralelo e, depois disso, para o sistema de Polaris.
  • No titulo da Marvel Comics, “Guardiães da Galáxia”, humanos estabeleceram uma colônia no planeta do século XXXI, Centauri IV, co-existindo com os habitantes nativos (inclusive Yondu Udonta e Photon).
  • Nas histórias de Dan Dare, “The Man from Nowhere” e sua sequência, “Rogue Planet”, o sistema estelar que Dan Dare visita fica a menos de 5 anos-luz da Terra e tem três sóis, um dos quais é uma Anã Vermelha; então, pode-se presumir que fique no sistema de Alfa Centauri (é chamada de Próxima Centauri).
  • Na história original da Marvel para os Transformers, o planeta Cybertron ficava, originalmente, na órbita de Alfa Centauri. Devido às Grandes Guerras, o planeta foi tirado de órbita e deixado à deriva, o que vale a pena apenas para o Universo Marvel, contudo, visto que outras partes da franquia ou têm Cybertron em órbita de uma estrela não nomeada, uma estrela totalmente diferente, ou à deriva no espaço.

>> iCULT – por Ana Death Duarte – Introdução: Alonso Lizzard – Imagens: Deviantart – Desenho da Constelação e Localização do sistema: Wikipedia Commons. Foto: Alpha Centauri (esquerda) e Beta Centauri (direita) por Marco Lorenzi – KenCroswell.com

Anúncios

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: