ZUMBIS, ROBÔS, MONSTROS E MACHADOS

Há uns três anos uma divertida coletânea de textos resgatando a melhor tradição da ficção de gênero popular nas revistas de contos da primeira metade do século nos Estados Unidos chegava as livrarias e começava uma bem-sucedida série de coletâneas. Editada pelo escritor e designer gráfico Samir Machado de Machado, a coleção Ficção de Polpa tornou-se um projeto editorial bem sucedido e hoje está no terceiro volume (de acordo com Samir há um quarto já em preparação). Quem quiser tomar contato com a coleção pode ler no blog do escritor Tibor Moricz resenhas conto a conto dos três volumes (Volume 1, Volume 2, Volume 3). A primeira coletânea, por sua vez, já está na terceira edição.

Para marcar a data com a reedição dos três volumes da coleção, a Não Editora, hoje responsável pelo projeto (só indo atrás da primeira edição do primeiro volume foi que me dei conta de que o nome da editora do Ficção de Polpa original era Fósforo) marcou para amanhã, 19h, na livraria Palavraria (Vasco da Gama, 165), um debate sobre a O Público e a Crítica da Ficção de Gênero. Participam o organizador dos três Ficções de Polpa, Samir Machado de Machado, falando sobre literatura fantástica e de horror, e eu próprio, dando palpite sobre literatura policial (tema de minha dissertação de mestrado em literatura na UFRGS). A mediação é do Antônio Xerxenesky, autor de Areia nos Dentes. Depois do papo, haverá autógrafos com os autores da coleção (nem todos, provavelmente, mas acho que ainda assim um bom número). Se puder, compareçam.
>> MUNDO LIVRO – por Carlos André Moreira

Anúncios

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: