“O VAMPIRO DA MATA ATLÂNTICA”: LEITORES AJUDAM A PROTEGER A NATUREZA!

A escritora e bióloga Martha Argel decidiu destinar metade dos direitos autorais provenientes da venda de seu romance O Vampiro da Mata Atlântica (Idea Editora, 2009) para a conservação da natureza.

A doação vai ajudar a organização não-governamental WCS Brasil (Wildlife Conservation Society) a iniciar a implantação de um projeto de conservação de primatas na Mata Atlântica do sudeste do Brasil. O projeto terá como principal bandeira a proteção ao muriqui, ou mono-carvoeiro, o maior macaco das Américas. A coordenação do projeto será do Dr. Jean Boubli, biólogo com pós-doutorado em ecologia de primatas, e diretor da WCS Brasil.

No dia 6 de maio de 2010, durante uma reunião da WCS Brasil, realizada no Rio de Janeiro, a escritora entregou a Jean Boubli um primeiro cheque referente aos direitos autorais do livro. Novas doações serão feitas, cada vez que houver acerto dos direitos por parte da editora Idea.

Martha Argel agradece a todos que estão adquirindo, divulgando e recomendando a leitura de O Vampiro da Mata Atlântica. São os leitores e divulgadores que possibilitam esta primeira doação e as seguintes. 

Sobre O Vampiro da Mata Atlântica
O romance O Vampiro da Mata Atlântica traz as aventuras de dois jovens pesquisadores, Xavier Damasceno e Júlio Levereaux, nas matas do Alto Ribeira, no estado de São Paulo. Durante seus estudos eles se deparam com uma natureza exuberante e intacta, espécies animais raras e uma beleza ímpar. Mas de repente topam com uma criatura aterrorizante, e acabam passando por situações que jamais sonhariam enfrentar. O livro combina a trama e a ação ficcional com a experiência de mais de trinta anos da autora em Ecologia de Campo. O livro está à venda nas livrarias de todo o Brasil e também pela internet.
Saiba mais sobre a autora e seu trabalho científico e literário:www.marthaargel.com.br 

Sobre a WCS Brasil
A WCS Brasil é uma organização brasileira sem fins lucrativos, fundada em 2003 e com sede no Rio de Janeiro. Sua estratégia de ação é identificar problemas críticos de conservação e desenvolver soluções científicas, que beneficiem ambientes naturais, fauna nativa e comunidades humanas. Desde sua fundação, a organização conduz projetos de conservação no Pantanal e Amazônia, e desenvolve o Projeto Aves do Brasil, visando conservação do patrimônio natural por meio do fomento ao turismo de observação de aves. Participa, ainda, do projeto internacional Um Mundo, Uma Saúde.
A WCS Brasil está ligada à Wildlife Conservation Society (WCS), organização não-governamental de conservação sediada em Nova York (EUA), que atua em mais de 50 países no mundo todo. Fundada em 1896, sua missão é conservar a fauna silvestre e os ecossistemas, utilizando bases científicas e pesquisas de campo. 
Saiba mais sobre a WCS Brasil e seus projetos: www.wcs.org.br

Você leu O Vampiro da Mata Atlântica? Deu de presente? Divulgou? Gostou e recomendou? Então deixe um comentário e diga: “Eu ajudo a proteger a natureza brasileira”!

http://vampirapaulistana.blogspot.com/2010/06/leitores-de-o-vampiro-da-mata-atlantica.html

Anúncios

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: