MUTARELLI: SAGA DE DIOMEDES SERÁ REEDITADA EM VOLUME ÚNICO

A Companhia das Letras planeja reeditar no segundo semestre as histórias do detetive Diomedes, criadas na virada do século pelo escritor e quadrinista Lourenço Mutarelli.

A proposta da editora é reunir num volume único os quatro álbuns, “O Dobro de Cinco” (1999), “O Rei do Ponto” (2000) e as duas partes de “A Soma de Tudo” (2001-2002).

O acordo foi acertado no meio da semana passada e é noticiado em primeira mão pelo blog.

O contrato ainda não foi assinado. Mas tanto autor quanto editora confirmam a publicação.

***

“Está combinado. O Mutarelli ligou pra cá e ofereceu o livro. E a gente vai publicar”, disse hoje Thyago Nogueira, editor da Companhia das Letras responsável pelos livros do autor.

O novo título ainda não foi definido. Os originais devem passar por um novo tratamento gráfico. O conteúdo será o mesmo do lido nos álbuns da Devir, primeira a publicar a obra.

Havia nos últimos anos uma disputa entre Mutarelli e Devir sobre os direitos da série. Segundo o autor, o problema já foi resolvido com a antiga editora.

“Está tudo certo. Foi mais um mal-entendido de minha parte do que qualquer outra coisa”, disse Mutarelli, por telefone, agora há pouco.

***

O acordo foi intermediado pela RT Features, comandada por Rodrigo Teixeira. A empresa oferece o álbum em quadrinhos e fica com os direitos de adaptação para outras mídias.

Mutarelli acha muito estranha, nas palavras dele, a situação que a reedição irá criar. No entender dele, seus leitores de quadrinhos não leem seus romances. E vice-versa.

“Tem um modismo no momento [sobre quadrinhos]. Eu acho que é algo passageiro. Eu acho que uma hora eles [os editores] vão ver que não vende tanto.”

Foi o que ele chama de modismo que o trouxe de volta aos quadrinhos, arte que ele havia abandonado na metade da década passada para se dedicar à literatura e ao cinema.

***

“Eu não voltei porque quis”, diz Mutarelli, numa resposta surpreendente. “Eu voltei porque foi a melhor opção de trabalho que eu tive neste ano.”

Além da reedição das histórias do detetive Diomedes, ele prepara um álbum inédito, também pela RT Features, para ser publicado pela Companhia das Letras.

Mutarelli tem até maio para terminar “Quando Meu Pai Encontrou com o ET Fazia um Dia Quente”, a história de um pai que se vê mentalmente confuso após a morte da esposa.

Ele já desenhou 50 paginas. Falta a outra metade. Se o prazo for cumprido à risca, a editora planeja publicar a obra ainda este ano, no segundo semestre.
>> BLOG DOS QUADRINHOS – por Paulo Ramos

Anúncios

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: